Fila de supermercado

Pra quem curte crônicas (quem não prestou atenção nas aulas de redação e não tem a mínima ideia do que seja clique aqui), taí uma… errr… tentativa. Espero que gostem.

­

Uma das coisas mais intrigantes deste mundo é a fila do supermercado. Primeiro porque, como o resto do planeta, é regida pela lei de Murphy. Se o sujeito está com pressa, sua fila será sempre a mais lenta – não importa se a sua frente exista apenas uma velhinha comprando um queijo e escovas de dente pague-duas-leve-três enquanto ao lado estejam três carrinhos entupidos de compras. Aliás, estatisticamente falando, o mais provável a acontecer nessa situação, com 23,43% de ocorrência, seria o cartão de crédito da velha miserável que vai te atrasar simpática senhora estar magnetizado e ela se recusar a pagar à vista, mesmo que tenha dinheiro no bolso. Afinal, quem em sã consciência não parcelaria os 10 reais da compra em um mais cinco vezes – e sem juros, ainda mais?

Outro ponto a ser lembrado é o dos guardadores de lugar. Aliás, isso pode até virar uma profissão. Poderia-se até imaginar, em um futuro próximo, a criação de sindicatos para o novo ramo do mercado de trabalho. Siglas imensas, como SAGGLFSHM (Sindicato da Associação Geral dos Guardadores de Lugares em Fila de Super e Hiper Mercados) fariam parte do nosso cotidiano com faixas de protesto nos estabelecimentos conveniados. Reivindicariam a permissão para a leitura das revistas que ficam no caixa e o bônus puxa-conversa, que premiaria com um aumento de 20% no salário – descontados os impostos – para aqueles que, além de simplesmente guardar a vez, puxassem algum assunto com quem está atrás: nada mais justo para alguém que teve sua vaga ocupada injustamente do que um papo legal sobre o tempo ou sobre a demora que está a fila (concluindo que a direção do super-mercado deve contratar mais pessoal urgentemente). Tais reivindicações, como 98,21% das reivindicações feitas até hoje, não seriam atendidas. Por fim, os sindicatos perderiam sua força e os melhores da profissão fariam serviços particulares por agendamento. Como ele se procederia?

Por fila, lógico.

(Artur Duarte)

    • Douglas
    • 12 de Fevereiro, 2010

    Nao gostei Artur.

    Briinks, curti sim. Cronicas sao legais.

    • Richardes
    • 12 de Fevereiro, 2010

    *-*

    • Okelson
    • 12 de Fevereiro, 2010

    PUTA QUE PARIU, Q LAPA DE TEXTO VAI TOMA NO CU TOKO

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: