Como funciona o mercado de “Crepúsculo”

Como funciona “Crepúsculo”

Há algum tempo atrás eu entrei na moda e li Crepúsculo também, durante as aulas no colégio. De cada 5, 6 amigas e amigos já tinham lido ou estavam lendo. Embalado nessa onda, também li. Eu sabia que seria uma coisa ridícula mas pensei que seria um prazer culpado – quando você sabe que é ruim mas mesmo assim ler só pra dizer que não gostou – por isso continuei. Me ative à 400 páginas durante algumas semanas! Acho que foi meu recorde em toda minha vida. Na época, era Crepúsculo pra todo lado, e depois com o lançamento de Lua Nova, táquepariu… Hoje essa moda passou (?) mas ainda vejo muita propaganda, muita adolescente em frenesi por causa do livro e do filme.

Primeiro o autor cria um personagem que é tal qual uma caixa vazia. Sua aparência não é descrita em detalhes, dessa forma, qualquer mulher pode fantasiar ela e facilmente imaginar sobre ser esta pessoa. Eu li 400 páginas do livro e quase não tinha nenhuma ideia do que o personagem principal parecia ser, na medida em que eu estava lendo era como se fosse uma peça de Lego gigante. Aparências à parte, sua personalidade é retratada como insegura, hesitante e inábil – uma combinação de que qualquer menina que já passou pela puberdade pode se comparar. Ao criar essa caixa “vazia”, o personagem torna-se menos pessoa e mais alguma coisa, transforamando uma leitora qualquer nessa personagem, uma combinação perfeita. Como não lembro do nome da menina e não estou nem um pouco afim de procurar, vamos chamá-la de “Izabela”

Assim, depois de alguns capítulos ouvimos Izabela se queixando do ensino médio, deixando de ir nas aulas de educação física, e sendo o centro das atenções. O segundo personagem principal é apresentado. Imagine tudo o que as mulheres querem em um homem, então exagere por dez mil – é aí que você tem Edward Cullen. O nível de detalhes que o autor faz para ao descrever a aparência de Edward é notável. Em um ponto durante a leitura eu comecei a contar o número de vezes que o autor usou “a expressão perfeita de Edward“, e foi longe, na casa dos dois dígitos. O autor destrincha nos mínimos detalhes de músculos, roupas, cabelo, cor dos olhos – até mesmo fôlego maldito (eu não estou brincando).

Edward ouve intensamente tudo que Bela tem a dizer, mesmo se ela está reclamando, mesmo se teve diarréia no dia de Natal ou o seu método preferido para cortar um sanduíche pela metade. O leitor percebe que Edward se preocupa com nada no mundo mais do que Bela. O que o autor fez foi criar uma figura perfeita do sexo masculino – uma estátua pálida grega, que o leitor possa cultuar e por sua vez adorar.

Então o que falamos sobre homens que gostam de Crepúsculo?
Se você é do sexo masculino e gosta de Crepúsculo, você é gay. Não quero dizer no sentido depreciativo da palavra, quero dizer que você “prefere colocar seus testículos contra os testículos de um outro homem enquanto ele lhe agarra pelas costas” esse tipo de coisa…

E o filme?
O filme é apenas uma porcaria sem inspiração. Se você gosta do sabor de estrume de cavalo em sanduíches.. O mesmo princípio aplica-se com Crepúsculo.

Além disso, ele é apenas um romance romântico com o drama ocasional de vampiros teens salpicados aqui e ali. Realmente não quebra qualquer parâmetro no reino da ficção de vampiros, que não retrata vampiros com uma família de retardados desconfortável que movem-se na mata comendo veado e coelhinhos. Há muitos beijos nervosos de Bela e Edward, e longas descrições de todos os recursos do corpo de Edward. Bela é um caráter estático que nunca avança além de ser uma fã de vampiro insegura que é obsessiva pelo Edward. Se seu personagem cresce além do que eu li, é desconhecido para mim, eu parei de ler. Até por que acho mais interessante as entrevistas da revista Playboy🙂
Obs: Enredo adaptado
Texto original aqui.
    • Douglas
    • 15 de Fevereiro, 2010

    #crepusculofacts

    • Okelson
    • 16 de Fevereiro, 2010

    seeiiiii
    =xx

    • Izabela
    • 22 de Fevereiro, 2010

    ah filipe confessa que tu AMA crepúsculo🙂 hahhahah (L)
    mas eu ainda prefito o jacob ;p kkkk

    • Larissa
    • 15 de Março, 2010

    Nha como asssimm.. o Edward nao entende nada sobre o que a ‘Izabela’ esta pensandoo ¬¬

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: